Notícias

07/07/2021

Receita Federal: destinação diretamente na declaração do Imposto de Renda cresce 175% no Estado do Rio de Janeiro

A Superintendência Regional da Receita Federal na 7ª Região Fiscal (RJ/ES) informa que cidadãos do Estado do Rio de Janeiro realizaram um total de destinação diretamente na declaração do Imposto de Renda 2021 (referentes aos Fundos de Direito da Criança e do Adolescente e aos Fundos de Direitos dos Idosos) na ordem de R$ 8.245.799,52, perfazendo um crescimento de 175% em relação à declaração do ano anterior (R$ 2.990.868,56).

Houve também crescimento de 145% no número total de cidadãos que fizeram destinação em suas declarações: 8.048 pessoas, em 2021; contra 3.287, em 2020. Esses números dizem respeito aos Documentos de Arrecadação de Receitas Federais (DARFs) efetivamente recolhidos e reflete o esforço de todas as instituições (públicas e civis) que se dedicam à conscientização da população sobre esta possibilidade de exercício ativo de cidadania.

 
Idosos:
Neste segundo ano em que cidadãos puderam destinar valores aos Fundos diretamente na declaração de Imposto de Renda, houve significativo aumento de 207% nos valores destinados, totalizando R$ 2.944.822,17, contra R$ 957.091,90 do ano passado. O número de pessoas que fizeram este gesto aumentou em 185%, passando de 1.059 cidadãos, em 2020, para 3.020, em 2021.
 
Crianças e Adolescentes:

Os Fundos de Direitos da Criança e do Adolescente também tiveram resultados melhores em 2021, totalizando R$ 5.300.977,35, contra os R$ 2.033.776,66 do ano passado, ou seja, um aumento de 160%. Houve, igualmente, aumento do número de cidadãos que fizeram a destinação do Imposto de Renda para estes fundos, passando de 2.228 pessoas, em 2020, para 5.028, em 2021, um aumento de 125%.